Como combater celulites

Olá, este post é para você que anda cansada de brigar com o espelho por causa das celulites que anda vendo através dele. Bom, eu separei para você algumas dicas incríveis de como combater celulites.

Talvez você não saiba, mas o aparecimento das celulites pode ser resultado de diferentes fatores, dentre eles a gordura localizada, alterações hormonais, a retenção de líquidos e até a má circulação. O resultado é: furinhos e aparência de casca de laranja.

Sabendo das possíveis causas, existem métodos que podem te ajudar a combater a celulite, mas lembre-se de que este é um processo que requer tempo, paciência e sobretudo bastante disciplina.

Indo direto ao ponto, a primeira dica que tenho para combater a celulite, é o uso de cremes e produtos anticelulite. Não, eles não fazem milagre e devem ser conciliados à bons hábitos alimentares e um estilo de vida saudável também. Atividades físicas regulares podem ser a solução nos casos de celulites mais superficiais, as conhecidas como celulites de grau I ou II.

O uso dos cremes deve ser feito diariamente e não um dia ou outro, como muitas pessoas costumam fazer. Vale colocar um lembrete no celular ou deixar o creme bem visível para que você não esqueça. Alguns dermatologistas afirmam, que o uso correto duas vezes ao dia dos cremes pode deixar os resultados visíveis já nos dois primeiros meses de uso. Na página abaixo você pode conhecer um muito bom:

http://mundosaudavelbr.com/celumax-funciona/

Dica número 2

Como as celulites podem ser resultados de alergias alimentares, se for o seu caso, evitar alimentos alergénicos é a saída mais indicada. Neste caso, você deverá buscar ajuda de um nutricionista que o ajudará a suprir a carência do determinado alimento.

No geral, alimentos de difícil digestão são os maiores causadores, ou seja, as carnes, principalmente as carnes vermelhas. Se você suspeita de algum alimento, deixe-o fora do seu cardápio por pelo menos 30 dias e observe se há uma melhora no aspecto. Se isso acontecer, esse alimento é a causa de celulites em você.

A dica número 3 está relativamente ligada ao uso dos cremes, quero dizer, na forma como se aplica. Você deve massagear a região afetada, fazendo movimentos circulares, isso vai ativar a circulação sanguínea, facilitando a penetração dos ativos da fórmula. As massagens são também importantes para desinchar a região afetada pelo acúmulo de toximas.

Dica número 4

Intestino saudável, pele e aparência saudáveis! Parece mentira, mas o bom funcionamento intestinal é uma das melhores maneiras de combater a celulite. Em nosso intestino é onde acontece a separação de tudo que é importante e do que não faz bem ao nosso organismo. Por esta razão, tomar bastante água e incluir fibras à sua alimentação é essencial para viver longe das celulites.

Evitar gorduras trans e optar pelo consumo de frutas diuréticas é a maneira mais eficiente de limpar as toxinas e se hidratar ao mesmo tempo. Veja mais dicas relacionadas a isto:

Seguidas as instruções acima, eu duvido muito que celulite seja um problema em sua vida. Que tal começar agora a combater esse problema. Sem celulite, amigas do espelho, mulherada feliz!


Ganhe dinheiro com ICO

Você sabe o que é um ICO? Se nunca ouviu disso antes, recomendo fortemente se atualizar e começar a ler mais notícias e informações na sua rotina diária. Muitas pessoas comuns estão conseguindo ganhar muito dinheiro e alguns até conseguiram ficar milionários em pouquíssimo tempo graças a isto.

ICO é a sigla para Initial Coin Offer, traduzindo: Oferta Inicial de Moedas. Ok, mesmo traduzindo o termo para português, provavelmente você não sabe do que se trata ainda, acertei? Então vou facilitar sua vida e te fazer outra pergunta:

Já ouviu falar de Bitcoin?

Ahã…Agora aposto que sua resposta é sim!

Bitcoin é uma moeda virtual e assim como esta moeda, que foi a primeira, a precursora deste modelo financeiro, existem diversas outras moedas virtuais, na verdade, a quantidade delas já passa de 1000 ( mil ), e os ICOs são responsáveis por uma boa parte deste crescimento.

Um ICO te dá oportunidade de comprar moedas novas que estão surgindo, antes que elas sejam negociadas no mercado de criptomoedas e se você souber escolher bem, pode conseguir encontrar ótimos negócios, capazes de multiplicar seu investimento por 10, 20, 50 vezes ou mais….

Parece algo fantasioso demais ou impossível? Pois saiba que é verdade, é uma realidade que está deixando muitas pessoas ricas, eu mesma no final de 2017 participei do ICO de uma  moeda chamada Cappasity, onde o preço no ICO era de menos de 1 centavo de dólar por coin, menos de 2 meses depois o valor dela alcançou 0,46 centavos de dólar e eu consegui multiplicar meu investimento por mais de 40 vezes.

É uma pena que investi pouco dinheiro no ICO acima, mas como foi minha primeira experiência estava meia apreensiva, com medo de fazer algo errado, ainda mais por todo processo ser efetuado em site inglês, etc.

Nos dias atuais é muito mais fácil investir num ICO, existem muitas informações em sites e tutoriais em vídeo, ensinando como participar, quais são os ICOs com maior potencial de dar um bom retorno, dentre outras infos.

Mas para quem está iniciando neste mercado eu recomendo um primeiro investimento deste tipo numa moeda nacional, o Criptohub ICO é um deles e está sendo muito bem comentado, tanto por brasileiros como por investidores internacionais.

Se você gostou deste assunto compensa gastar um tempo estudando mais, vendo vídeos tutoriais no YouTube, veja uma breve explicação do portal Valor Econômico:


Mitos e Verdades da Disfunção Erétil

A disfunção erétil tem se tornado cada vez mais comum entre homens de várias faixas etárias, e com o aumento desses acontecimentos, diversos mitos surgem sobre o assunto.

O primeiro que deve ser desfeito é que esse tipo de problema é restrito a homens de idade mais avançada.  Apesar de ser mais comum entre homens acima de 40 anos, a disfunção erétil vem sendo muito frequente em jovens adultos.

De acordo com Organização Mundial de Saúde, aproximadamente 15 milhões de brasileiros sofrem com esse problema.

Para que esse assunto seja esclarecido, trouxemos alguns mitos e verdades sobre da disfunção erétil, acompanhe:

• Apenas problemas psicológicos provocam a disfunção erétil? Mito. As causas da disfunção erétil podem ser físicas também. Assim como a obesidade, diminuição da produção do hormônio masculino, testosterona, tabagismo, pressão alta, entre outros.
• O colesterol alto e problemas de pressão podem causar disfunção erétil? Verdade. Problemas no sistema circulatório podem afetar diretamente na ereção. Já que essa é promovida pelo aumento de fluxo sanguíneo no pênis.
• A impotência sexual é sinal da chegada da andropausa? Depende. A diminuição da produção de testosterona pode sim comprometer a potência sexual. Mas essa é uma condição comum apenas em homens com mais 60 anos.
• Existe solução para a impotência sexual? Verdade. Medidas simples como a prática constante de atividades físicas, boa alimentação, consumo moderado de bebidas alcoólicas entre outras, podem levar a prevenção desse problema. Para os demais casos, existem hoje disponíveis diversos tratamentos para resolver a disfunção erétil. Se você quiser saber mais sobre o assunto, assista ao vídeo do urologista Dr. Marcos Lucon, onde ele tira algumas dúvidas:

• Não conseguir uma ereção esporadicamente é sinal de impotência? Mito. Todos os homens em algum momento da vida, estão sujeitos e passar por isso. Por diversos motivos, especialmente de fundo emocional.
• Vasectomia causa impotência sexual? Mito. A cirurgia afeta somente a fertilidade masculina e não causa impotência sexual. Na verdade, quando o homem realiza essa operação ele tem sua libido aumentada, pois pode praticar o sexo sem se preocupar com uma gravidez indesejada ou a necessidade de interromper a ejaculação.
• Masturbação causa disfunção erétil? Mito. Nenhuma das questões de disfunção erétil estão ligadas a prática da masturbação, mas sim a fatores físicos ou emocionais que precisam ser investigados.
• Não conseguir manter a ereção após a primeira ejaculação é um sinal de impotência? Mito. Do ponto de vista clínico, quando se consegue alcançar, e manter uma ereção firme suficiente para realizar a penetração e sustentar a relação sexual até o final, a probabilidade de o homem ter o problema é pequena.

Como solucionar a disfunção erétil?

Existem algumas condutas cotidianas e soluções naturais para impotência sexual como o Erectill Extra Force que podem auxiliar a prevenção e até mesmo da resolução da disfunção erétil. No entanto, caso ela seja persistente é recomendado que você procure um médico especializado.

Apenas um profissional da área será de diagnosticar a causa do problema, e assim encontrar o tratamento mais adequado para a sua resolução. Se você vem sofrendo com alguma disfunção erétil, procure um médico de sua confiança e faça um tratamento indicado por ele.


Pare de sofrer com a queda de cabelo

Anda sofrendo com queda de cabelo? Pare se sofrer já!  Existe um problema muito desagradável que pode atingir todos nós, em qualquer fase da vida. Independentemente, se é homem ou mulher, está sujeito a sofrer com queda de cabelo.

Se tem sofrido com problema e anda buscando soluções, neste artigo, mostraremos algumas das causas da queda de cabelo e dicas valiosas de como se livrar desse problema.

Causas da queda capilar

Existem muitas coisas que podem promover a queda de cabelo e, consequentemente, diversos tipos de tratamento, tanto para casos leves, até os mais graves. Essas são as causas mais comuns da queda de cabelo:

  • Estresse – o estresse aumenta os níveis de cortisol no sangue. E isso pode originar entre outras coisas, a queda de cabelo.
  • Doenças Autoimunes – são doenças desenvolvidas pelo nosso próprio organismo, como a alopecia areata.
  • Distúrbios hormonais – problema de produção hormonal é a causa mais comum na queda de cabelo feminina, assim como o hipotireoidismo.
  • Déficit alimentar – ausência de algumas vitaminas, sais minerais essenciais para nosso organismo podem causar também a queda de cabelo.
  • Fatores genéticos – algumas pessoas nascem com uma questão hereditária, que promovem maior propensão ao raleamento e afinamento dos fios.
  • Química e excesso de calor – a química e o excesso de calor podem causar a perda de aminoácidos, lipídios e outros nutrientes, fazendo com que os fios percam a vitalidade.

Existem muitas causas para a queda de cabelo, mas também existem muitos tratamentos. Assista ao vídeo da Michelle Almendra no qual ela dá dicas de como resolver esse problema:

Tratamentos para a queda de cabelo

Antes que procure algum dos tratamentos a seguir, é preciso que consulte um médico dermatologista para que ele possa diagnosticar a causa exata do seu problema e o tratamento ideal.

  • Soluções naturais – existem muitos métodos caseiros, de uso tópico (direto no couro cabeludo) para ativar o crescimento do cabelo, como uso de gengibre, óleo de coco e óleo de rícino.
  • Massagem capilar – ao lavar o cabelo, pode massagear o couro cabeludo, lentamente e em movimentos circulares para poder ativar a circulação sanguínea e aumentar o crescimento dos cabelos.
  • Produtos específicos – existem também produtos de uso tópico disponíveis no mercado, específicos para o tratamento da queda de cabelo, tanto nacionais como importados.
  • Suplementos alimentares – existem diversos suplementos alimentares disponíveis no mercado que repõem as vitaminas e os sais minerais que nosso organismo precisa para acabar com a queda de cabelo.  Tem alguns bem conhecidos e usados até por famosos, o Tulio Maravilha usa Hairloss Blocker por exemplo.

As soluções naturais e cuidados diários para que isso não aconteça são importantes e podem ser seguidas sem restrições. Mas é importante que procure seu dermatologista antes de tentar qualquer outra coisa por conta própria. Tentar resolver esse problema sozinho não é recomendado, você pode acabar agravando-o.